Saiba como transportar crianças em um veículo; dicas

14 de março de 2022

Foto: Agência Brasil/Arquivo

Transportar crianças em um veículo pode ser uma tarefa difícil se o motorista não saber das regras de trânsito. Todos os passageiros necessitam de segurança, e claro, isso inclui as crianças. Hoje vamos trazer um texto sobre a importância de manter uma criança segura em seu veículo. 

A Resolução 277 do Conselho Nacional de Trânsito (Contran) afirma que as crianças menores de 10 anos devem ser sempre transportadas nos bancos traseiros dos veículos usando individualmente cinto de segurança. Até os sete anos e meio, elas devem utilizar o equipamento de retenção adequado (bebê conforto, cadeirinha ou assento de elevação). Confira o dispositivo indicado para cada faixa etária:

Regras para o transporte crianças em veículos:

· As crianças menores de dez anos devem ser transportadas no banco traseiro dos veículos utilizando equipamentos de retenção. 

· As crianças de até um ano de idade deverão ser transportadas no equipamento denominado conversível ou bebê conforto, crianças entre um e quatro anos em cadeirinhas e de quatro a sete anos e meio em assentos de elevação. 

· No caso da quantidade de crianças com idade inferior a dez anos exceder a capacidade de lotação do banco traseiro é permitido o transporte da criança de maior estatura no banco dianteiro, desde que utilize o dispositivo de retenção.

· Para o transporte de crianças no banco dianteiro de veículos que possuem dispositivo suplementar de retenção (airbag), o equipamento de retenção de criança deve ser utilizado no sentido da marcha do veículo. Neste caso, o equipamento de retenção de crianças não poderá possuir bandejas ou acessórios equivalentes e o banco deverá ser ajustado em sua última posição de recuo, exceto no caso de indicação específica do fabricante do veículo.

· No caso de motocicletas, motonetas e ciclomotores o Código de Trânsito Brasileiro estabelece no artigo 244, inciso V, que somente poderão ser transportadas nestes veículos crianças a partir de sete anos de idade e que possuam condições de cuidar de sua própria segurança.

· Quem descumprir as normas referentes ao transporte de criança está sujeito a penalidade prevista no artigo 168 do Código de Trânsito Brasileiro, que considera a infração gravíssima e prevê multa de R$ 191,54, sete pontos na Carteira Nacional de Habilitação e a retenção do veículo até que a irregularidade seja sanada.

Dicas de prevenção

No carro

  • Nunca saia de carro com crianças sem usar o bebê conforto, a cadeirinha ou o assento de elevação;
  • Antes de comprar um bebê conforto certifique se possui o selo do Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia (Inmetro) ou a certificação americana ou europeia;
  • O cinto de segurança é projetado para pessoas co no mínimo 1,45m de altura. Se a criança ainda não atingiu essa altura, ela precisa usar o assento de elevação para evitar que se machuque gravemente em caso de acidente.

Possui
alguma
dúvida?

Mais informações, ligue ou envie uma mensagem