Santa Catarina deve implantar novo modelo de placas até dezembro

13 de setembro de 2018

Todos os estados no Brasil deverão implantar o novo modelo até o dia 1º de dezembro de 2018. Porém a mudança não é obrigatória para todos. Em Santa Catarina o novo modelo ainda não está disponível.

A troca inicia pelos veículos zero quilômetro a serem registrados (1ª licença), por aqueles em processo de transferência de jurisdição, de município ou propriedade. Quem quiser também pode fazer a mudança voluntariamente. Placas danificadas e troca de categoria do veículo também recebem o modelo Mercosul.

Segundo as resoluções 729 e 733 do Departamento Nacional de Trânsito (Denatran) a nova placa vai dar maior segurança para os proprietários de veículos, evitando a possibilidade de clonagem. O novo modelo terá código único e conterá todos os dados de confecção da placa, desde a identificação do fornecedor até o número, data e ano e modelo de fabricação do carro, além de permitir a rastreabilidade dela. O valor de fabricação da placa é o mesmo do modelo antigo (R$ 219,35).

A rastreabilidade do veículo será possível por meio de um aplicativo que o Denatran vai disponibilizar gratuitamente para as polícias até o fim de setembro. O novo aplicativo vai conferir ainda mais segurança aos usuários e vai estar acessível nas plataformas IOS e Android.

Outra necessidade para a implantação do novo modelo da placa é a proximidade do fim da combinação alfanumérica. Se a placa mantivesse a atual combinação (três letras e quatro números), nos próximos dois anos, não existiria mais novas sequências para contemplar toda a frota do país.

Categoria: Carros

Categoria: Motocicletas

Informações: Detran/RJ

Possui
alguma
dúvida?

Mais informações, ligue ou envie uma mensagem